Retorno das aulas presenciais na rede estadual do Paraná é suspenso

Diante da gravidade da pandemia de covid-19, o retorno das aulas presenciais na rede estadual de educação foi suspenso nesta sexta-feira, 12. O Governo do Paraná pretendia reabrir os colégios na próxima segunda-feira, 15.

Durante toda a semana, educadores intensificaram a cobrança para que a gestão estadual prorrogasse a suspensão da volta às aulas em sala e atividades nos colégios. Autoridades e profissionais da saúde afirmam que o estado vive o pior momento da pandemia.

“Depois do enorme desgaste de trabalhadores, estudantes, pais e mães de alunos, o governo confirmou o adiamento do retorno presencial”, enfatiza o presidente da APP-Sindicato/Foz, Diego Valdez. “Essa demora só gerou incerteza e apreensão em todos.”

Um ano após os primeiros casos de covid-19, o estado enfrenta falta de vagas na rede hospitalar e aumento do número de pessoas infectadas e de mortes. Disseminadas no Paraná, novas variantes do coronavírus tornam a doença mais perigosa.

Em assembleia, educadores da rede estadual aprovaram greve pela vida, caso o Governo do Paraná decida reabrir escolas sem o efetivo controle da pandemia. Desde março do ano passado, os profissionais seguem trabalhando por meio de aulas remotas.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?