PROTESTO NA ARGENTINA

 

Um grupo de moradores de Puerto Iguazú se manifestam nesta quarta-feira próximo a aduana argentina da Ponte Internacional Tancredo Neves, na fronteira com o Brasil por Foz do Iguaçu. O protesto começou na terça-feira, quando os manifestantes iniciaram uma caminhada do centro da cidade até a zona primária, onde passaram a noite. Eles pedem a reabertura da fronteira.

De acordo com o portal La Voz de Cataratas, o protesto foi organizado por WhatsApp, chamando trabalhadores do turismo. Porém, profissionais de outras áreas compareceram, preocupados com a economia local.

A fronteira entre Puerto Iguazú e Foz do Iguaçu foi fechada em março, quando o o governo argentino proibiu a entrada e saída de pessoas do país. Em setembro, o governo nacional e província de Misiones permitiram a retomada gradual das atividades turísticas apenas para moradores da província. Até o último mês, o lado argentino do Parque Nacional do Iguaçu foi reaberto para visitação apenas aos finais de semana, assim como os hotéis da cidade.

Segundo o governador de Misiones Oscar Herrera Ahuad, as condições sanitárias não são seguras para a reabertura das fronteiras, sendo que Foz do Iguaçu apresenta um alto índice de contágios, quanto Iguazú é que apresenta o menor número de casos em toda a província.

Na terça-feira (3), a província de Misiones registrou 9 novos casos de Covid-19, sendo 3 em Puerto Iguazú. Atualmente, a cidade argentina da fronteira tem 29 casos ativos da doença.

 

 

FOTO :  La Voz de Cataratas – Puerto Iguazu
Rádio Cultura

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?