Vila Borges e no Jardim Dona Fátima terão novos espaços para uso da comunidade

 

As obras de construção das novas áreas de lazer da Vila Borges e do Jardim Dona Fátima, localizados na região Leste de Foz do Iguaçu, seguem em ritmo acelerado. O investimento da Prefeitura de Foz do Iguaçu é de R$ 707 mil. Os novos espaços foram reivindicações da própria comunidade, manifestadas durante o Orçamento Participativo.

“Além dos serviços de infraestrutura que envolvem os trabalhos de drenagem e pavimentação asfáltica, também estamos atendendo as muitas demandas da população em relação a áreas de lazer, que são espaços que promovem a vida em comunidade e incentivam o desenvolvimento de hábitos saudáveis o que, consequentemente, melhora a qualidade de vida da população”, comentou o prefeito Chico Brasileiro.

Na Vila Borges, os serviços incluem a instalação de gramado sintético, iluminação, paisagismo, construção de bancos de reservas, substituição de alambrados, plantio de árvores e grama, e construção de pista de caminhada ao redor do espaço, localizado na Rua Eunápio de Queirós, no cruzamento com a Rua Servílio de Jesus.

Já o Jardim Dona Fátima está recebendo uma praça completa com academias ao ar livre, playground, calçada para caminhadas e um campo de futebol equipado inclusive com iluminação, para que as pessoas possam realizar atividades no período noturno. O espaço está localizado entre as ruas Jáguari e Latiffe Osman.

“Devido à pandemia, no momento não é possível utilizar as academias ao ar livre, parquinhos e outros equipamentos públicos de lazer. Mas a vacinação está avançando e, em breve, todos poderão utilizar estes espaços, inclusive os da Vila Borges e do Jardim Dona Fátima, que ficarão prontos nos próximos meses”, afirmou o secretário de Esportes e Lazer, Antonio Sapia.

 

Orçamento Participativo

O Orçamento Participativo é um programa da Prefeitura de Foz do Iguaçu que promove e incentiva a participação popular na elaboração do orçamento do Município. Apesar de ter sido criado através de uma lei em 1999, a iniciativa só foi iniciada em 2019.

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?