Foz do Iguaçu espera novo pico de movimento nas férias de julho

A temporada de férias de julho vai movimentar o turismo de Foz do Iguaçu. Os atrativos planejam mudar os horários e a rotina de funcionamento, aguardando movimento de pico ao registrado no mesmo período de 2010. A rede hoteleira, uma das mais completas do país, aguarda uma ocupação média mais de 75% de seus leitos durante o mês.

O Parque Nacional do Iguaçu, a sétima atração turística no mundo voltará a abrir todos os dias, inclusive às segundas-feiras, por tempo indeterminado, a partir de 9 de julho. O atrativo contará com reforço no atendimento em todas as áreas de visitação turística. Do dia 9 até o dia 24, o parque abrirá uma hora mais cedo e atenderá os visitantes das 8h às 16h. Do dia 25 a 31, o atendimento terá o horário normalizado, das 9h às 16h.

Em julho de 2019, o parque recebeu 225.588 visitantes. No mesmo mês em 2020, a unidade ficou fechada por causa da pandemia e em 2021, foram 56.819 visitantes no mesmo período. “A meta é chegar aos números de visitantes de 2019, mesmo porque temos mais atrativos e um desejo grande do brasileiro em viajar. O setor está muito otimista”, disse o secretário de Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação, Paulo Angeli.

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) aponta o resultado das campanhas e das ações desenvolvidas pelos órgãos de turismo no mercado interno e junto a Argentina e o Paraguai. “Foz do Iguaçu, em especial as Cataratas do Iguaçu, está nas campanhas internacionais da Embratur, o que reforça a imagem do destino em países da América Latina. Por outro lado, os órgãos de turismo do Brasil, Argentina e Paraguai, já desenvolvem ações para o incremento nas visitações. É um momento muito bom e movimento deve ser expressivo em julho e no segundo semestre deste ano”, disse.

 

Mais atrações

Na Itaipu Binacional, o turista terá novidades pelo aplicativo “Itaipu Turismo” que traz informações do complexo e permite a compra de passeios, além de poder avaliar, acessar curiosidades e experiências sobre as atrações. O aplicativo já está disponível para celulares Android e IOS. Já a partir da sexta-feira (1º de julho), o turismo passará a atender todos os dias da semana e com horários ampliados para os principais atrativos. A mudança seguirá até o dia 31.

Outros quatro atrativos esperam também um movimento diferenciado para julho. O Marco das Três Fronteiras organiza uma programação especial para suas atrações artístico-culturais, além da vista da tríplice fronteira (foz do rio Iguaçu com o rio Paraná), dos marcos instalados em Puerto Iguazú e Presidente Franco e do restaurante no local que funciona a partir das 17h.

O Parque das Aves deve mostrar o comportamento dos pássaros e os cuidados especiais que devem tomados no inverno. No parque, sempre que a temperatura é menor que 17ºC, são tomadas medidas para proteger os animais. Dentro dos recintos, são instaladas lâmpadas de cerâmica, que ajudam a aquecer o ambiente. Por fora, cortinas plásticas formam barreiras contra o vento. O cuidado precisa ser ainda mais especial para espécies nativas de outras regiões do Brasil, como a Amazônia, onde não há como o do Sul do país.

Os novos atrativos como a Roda Gigante, Dreamland, Museu de Cera e Movies Cars aguardam o incremento no movimento. A Roda Gigante que a vista geral das cidades da tríplice fronteira será beneficiada com a cor do céu impactado pelos filtros diferenciados da luz solar. Vale lembrar que as 54 cabines do atrativo são climatizadas. Dreamland, Museu de Cera e Movies Cars apontam no turismo indoor, mais comuns no inverno.

 

Ocupação

Marcelo Martini, presidente do Sindhotéis, disse que a maioria dos hotéis entra no mês de julho com uma ocupação em média de 50%, mas que pode chegar a 75% durante o período. “A expectativa é que esse mês de julho seja um ótimo mês para hotelaria de Foz. Os hotéis estão preparados para receber os turistas que vêm de férias com a família, promovendo atrações para as crianças e outras festas temáticas. A expectativa também da vinda dos turistas argentinos e paraguaios, incrementa ainda mais, nos dando um cenário no mês de julho muito positivo, tanto para os hotéis, como para os bares e restaurantes”, disse.

As cantinas, churrascarias, bares e restaurantes terão cardápios especiais, especialmente para happy hours e jantares, focados na gastronomia típica das festas juninas e da região, sopas, comida italiana e carta de vinhos. A proposta é atrair a clientela das cidades próximas, da Argentina e do Paraguai.

As lojas paraguaias vão organizar tours especais para compras nos shoppings de Ciudad del Este. O mesmo deve acontecer com o Duty Free instalado a poucos menos de dois quilômetros da Ponte da Fraternidade no lado argentino. As lojas francas instaladas nos dois shoppings de Foz esperam também alta de movimento, garantem segurança e comodidade na compra parcelada de importados com cartões de crédito nacionais.

 

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?