Avenida Tancredo Neves vai ganhar da Itaipu nova faixa elevada e calçamento

As obras da Tancredo Neves não param. Na semana passada, foi iniciada a colocação de uma estrutura de contenção para reconstruir 100 metros de calçada na altura da entrada do bairro Porto Belo. Parte do calçamento tinha desabado durante uma chuva no ano passado. Próximo ao supermercado Ítalo será construída uma nova faixa elevada para aumentar a segurança dos pedestres. As obras fazem parte de um pacote de melhorias que a Itaipu Binacional está fazendo naquela via.

A contenção foi necessária para ser refeita a calçada na pista sentido Itaipu, um pouco antes do acesso ao bairro Porto Belo, em frente ao Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Dom Olivio Aurelio Fazza. Serão colocados 1.200 m³ de gabião (uma gaiola metálica preenchida com rochas) e 1.800 m³ de aterro. A contenção resultará em uma calçada de 6 metros de largura e 5 metros de altura. Também será criada uma escada para acesso à Rua Madalena Sotelo, que também ganhará uma calçada.

“É importante que os motoristas que trafegarem pela região fiquem atentos à sinalização durante o período das obras”, afirmou o engenheiro Rodrigo Girotto Grejanim, da Divisão de Infraestrutura e Manutenção da Itaipu (ODMI.CD), responsável pela fiscalização da obra. Segundo ele, a previsão de término da contenção e reconstrução da calçada é para agosto deste ano.

Nova faixa elevada

Outra obra grande na Avenida Tancredo Neves é a terceiro trecho da ciclovia, nos 3,2 quilômetros entre a ponte do Rio Almada e o viaduto da BR-277. A terceira fase das obras foi iniciada em novembro do ano passado e tem um prazo de conclusão de 18 meses, com entrega prevista para 2023. Já foi instalada a estrutura de drenagem e concluída a contenção do terreno. Agora, será feita a terraplanagem para construção da calçada e da ciclovia e instalação do sistema de iluminação, com postes de 4 metros de altura.

Como continuação destas obras, está sendo construída uma faixa elevada próximo ao Supermercado Ítalo, um pouco antes do acesso à Vila B. A faixa conectará o novo calçamento à calçada que será criada do outro lado da via. “Tem uma movimentação grande de pessoas, devido ao supermercado e ao ponto de ônibus, a faixa vai melhorar a segurança dos pedestres”, disse o técnico Emerson Luis Volkweis (ODMI.CD), responsável pela fiscalização das obras.

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?