Prefeitura vai licitar ainda em 2021 quatro grandes obras para Foz

A Prefeitura vai licitar, ainda neste semestre, quatro grandes obras em Foz do Iguaçu. A informação foi confirmada pelo prefeito Chico Brasileiro no último sábado (2). O plano inclui a revitalização das avenidas Olímpio Rafagnin, General Meira, Costa e Silva e a reforma e ampliação da escola municipal João da Costa Viana, em Três Lagoas.

Os investimentos previstos são superiores R$ 24 milhões, disse. “A Olímpio Rafagnin será iniciada e concluída. O projeto foi reformulado, fizemos tratativas com a Caixa Econômica Federal, expandimos a área e levamos ela até a entrada do bairro Jaqueline, na região de Três Lagoas”, anunciou Chico Brasileiro.

“Dali terá outra licitação para unir com a Rua Paulo Montanari, que dá acesso ao Alto da Boa Vista, o que vai desafogar todo o movimento na entrada da cidade”, ressaltou o prefeito. A obra, adiantou o prefeito, está orçada em R$ 9 milhões.

Chico Brasileiro destacou que, durante a semana, a Prefeitura realizou a licitação para a escola municipal Cândido Portinari, no Jardim Petrópolis, que terá investimento de R$ 4,4 milhões. Os recursos para esta obra estão reservados no Orçamento Participativo de 2019, indicada entre as prioridades pela população nas reuniões, recordou o prefeito.

Outra obra na região de Três Lagoas, adianta Chico Brasileiro, é a Escola João da Costa Viana. “A abertura da proposta também será nesta semana, e teremos a definição de quem vai fazer a obra. Serão investimentos de mais de R$ 3 milhões, que incluem reforma e ampliação. Essa é a maior escola do Município e essa reforma é fruto do orçamento participativo anterior”, disse.

 

Obras viárias

Chico  Brasileiro adiantou ainda que a prefeitura lançará em breve as licitações das avenidas General Meira e da Costa e Silva, duas vias que integram o corredor turístico de Foz do Iguaçu. A revitalização das duas vias estão orçadas em mais de R$ 12 milhões.

“Se tudo correr bem, já no final do ano poderemos estar em obras nestes locais. Vamos ter a inauguração da Roda Gigante no dia 15 de dezembro, que vai se instalar no Marco das Três Fronteiras. O Porto Meira, com a segunda ponte, a Perimetral Leste e outros empreendimentos, vão deixar a região vocacionada ao turismo”, disse.

“A prefeitura não está olhando as coisas acontecerem, está estruturando a cidade. A Itaipu está investindo nas grandes obras e vamos caminhar juntos, também com o governo do Estado do Paraná. Estamos preparando a cidade para dar um grande salto no turismo, no comércio e nas tecnologias”, reforçou.

O prefeito ainda informou que o projeto para a rua Jorge Sanwais para ligar o centro ao Jardim Guarapuava já está sob análise no Instituto das Águas em Curitiba. “Tem várias pontes que mandamos (os projetos) para Curitiba e essa é uma delas, que precisa de autorização do instituto para fazer a licitação. Outro ponto é abrir em breve a Ayrton Senna, que dá acesso à Felipe Wandscheer”.

Outra grande obra, o projeto do Trevo do CTG Charrua, segundo o prefeito, está sendo feito pelo Fundo Iguaçu. “O fundo vai doar o projeto e vamos levá-lo ao governador Ratinho Junior, porque é um compromisso do governador (viabilizar a obra)”.

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?