Secretaria da Saúde reforça a importância do diagnóstico precoce para o combate ao câncer de mama

A importância da prevenção e do diagnóstico precoce para o combate ao câncer de mama e câncer de colo de útero foram temas da palestra de abertura do Outubro Rosa, realizada nesta sexta-feira (1º), no SEST/SENAT. O evento, organizado pela Secretaria Municipal da Saúde, contou com a presença de secretárias, diretoras e servidoras da prefeitura, que também participaram de um café da manhã.

O intuito da campanha, conforme lembrou a secretária de saúde Rosa Maria Jerônymo, é conscientizar as mulheres sobre a importância do autocuidado e de manter os exames preventivos em dia. “O mês de outubro vem para chamar atenção e fazer um alerta, porque infelizmente o câncer de mama atinge muitas mulheres e leva muitas vidas. A prevenção é o melhor caminho e quando detectado de forma precoce, as chances de cura são enormes”, afirma.

Durante o encontro com as servidoras, Rosa também destacou o papel das mulheres como chefes de famílias, donas de casa e trabalhadoras, funções que sobrecarregam e muitas vezes tiram a possibilidade do auto cuidado. “Nós mulheres, pela questão cultural, somos multifuncionais, trabalhamos fora, cuidamos da casa, e vivemos sobrecarregadas pela responsabilidade de funções, mas para cuidar do outro, precisamos cuidar da gente”, comentou a secretária. “O câncer de mama é o que mais mata as mulheres no Brasil. É necessário estarmos atentas ao nosso corpo, manter os exames em dia e na presença de qualquer sintoma, procurar um médico imediatamente”.

 

Atendimento nas UBSs

Para possibilitar o maior acesso a consultas e exames, as 29 Unidades Básicas de Saúde irão intensificar o atendimento para as mulheres durante todo o mês de outubro, com a oferta de exames preventivos e agendamento de mamografias. No dia 23 de outubro acontecerá um dia “D” para coletas de preventivos.

“A pandemia nos prejudicou muito, mas agora estamos fortalecendo as ações nas unidades de saúde, ofertando todos os exames necessários para promover a saúde da mulher”, destacou a diretora da Atenção Primária, Jaqueline Tontini.

A Secretaria de Saúde, em parceria com a Uniamérica, também irá promover ações de prevenção ao câncer de mama com as colaboradoras do supermercado Líder, nos dias 19 e 20 de outubro.

 

Dados

Durante a palestra, a médica radiologista Jenifer Fronza apresentou dados impactantes sobre a doença, como o número de novos casos de câncer de mama no Brasil. Segundo uma estimativa do INCA (Instituto Nacional do Câncer), surgiram 66.280 novos casos entre 2020-2022. As regiões Sul e Sudeste do Brasil concentram os maiores índices da doença. Em cada 5 casos, 4 ocorrem em mulheres após os 50 anos, por isso a importância de realizar a mamografia uma vez por anos após os 40 anos.

 

Fatores de risco

A médica também apresentou os fatores de risco para a doença, como a obesidade e o sobrepeso (especialmente após a menopausa), o sedentarismo, o excesso de alimentos ultraprocessados, o consumo em excesso de bebidas alcoólicas e a exposição freqüente a radiações. Os sinais e sintomas também foram detalhados, desde os casos em estágio inicial até os mais avançados, quando o câncer já se alastra para outras partes do corpo e as chances de cura são mínimas.

“Toda mulher precisa saber fazer o auto exame e ter o cuidado de identificar o corpo. Um caroço endurecido geralmente indolor, pele da mama avermelhada, alterações no bico do peito e pequenos nódulos embaixo dos braços são sinais de alerta”, disse.

A prática de exercícios físicos, manter uma alimentação saudável, o peso adequado e manter os exames preventivos em dia são as principais formas de proteção.

 

Outubro Rosa

O movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença.

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?