Diretores de colégios estaduais participam de palestra sobre o Setembro Amarelo

A Secretaria Municipal da Saúde e entidades parceiras promoveram nesta quarta-feira (08) uma palestra sobre o Setembro Amarelo para diretores (as) dos colégios estaduais de Foz do Iguaçu. A atividade, realizada no Colégio Monsenhor Guilherme, marcou o início da campanha, que seguirá até o final do mês com debates e rodas de conversas em 27 instituições de ensino. Serão mais de 60 encontros envolvendo cerca de 2 mil pessoas, entre profissionais da educação e estudantes.

O intuito é orientar sobre os sinais de alerta e sintomas de risco para o suicídio, transmitir informações sobre a prevenção e as formas de acessar a Rede de Atenção Psicossocial.

Na abertura da programação, a secretária de saúde, Rosa Maria Jerônymo, destacou a importância da informação e do acolhimento para a prevenção do suicídio. “Passamos por um ano muito difícil, de privações e isolamento por conta da pandemia e toda essa insegurança mexe com a saúde mental da população. Hoje, mais do que nunca, precisamos dar apoio, acolher e orientar. A gente nunca sabe pelo que o outro está passando”, comentou.

A coordenadora pedagógica do Núcleo Regional de Educação, Nádia Sartoretto Sales agradeceu a parceria com a Secretaria da Saúde e lembrou o quanto a formação dos diretores e equipes pedagógicas é fundamental para conduzir o tema com os alunos. “Essa reunião formativa é essencial para nossos diretores. Notamos, com a volta do ensino presencial, o quanto alguns alunos desenvolveram ansiedade, tristeza e depressão, então neste momento esse trabalho será uma das nossas principais ações”, disse.

A palestra com os diretores foi conduzida pelo coordenador do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi), Antonio Batista Junior. Além de repassar informações sobre a rede de saúde mental do município, os gestores receberam todas as informações referentes à campanha, que teve início do Brasil em 2015 através de uma parceria entre a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Centro de Valorização da Vida (CVV).

 

Programação

Nesta quinta-feira (09), a roda de conversa será as 8h com alunos do Colégio Estadual Barão do Rio Branco, no Jardim Polo Centro. O Setembro Amarelo é desenvolvido em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (COMUD), o Núcleo Regional de Educação (NRE), o Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Regional de Psicologia (CRP), Uniamérica, UDC, Unioeste, Polícia Militar, Guarda Municipal, Secretaria de Assistência Social, Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Unidade de Acolhimento Infantil (UAI).

 

 

 

 

Assessoria

 

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?