Diretoria de Bem-Estar Animal faz força-tarefa para atender as demandas de maus tratos

A Diretoria de Bem Estar Animal da Prefeitura de Foz do Iguaçu está atendendo as solicitações referentes a maus tratos contra animais no município. As demandas podem ser formalizadas por meio do aplicativo 156 Foz ou pelo telefone 156.

Entre os chamados recebidos pela Diretoria, que é vinculada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, estão denúncias de animais acorrentados, gatos ou cachorros que possuem tutor e são deixados soltos nas ruas, e cavalos soltos em vias públicas.

Para atender as solicitações, a Diretoria de Bem-Estar Animal está atuando em parcerias com outros órgãos da prefeitura, como o Centro de Controle de Zoonoses e a Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal da Saúde, e a Diretoria de Fiscalização da Secretaria Municipal da Fazenda.

O atendimento às demandas da causa animal está previsto nos decretos nº 29.402, de 29 de julho de 2021, e nº 29.432, de 6 de agosto de 2021, que estabelecem que a Diretoria de Bem-Estar Animal deve atuar na orientação e conscientização da população em relação à guarda responsável e proteção ecológica dos animais; e fomentar uma política integrada de fiscalização para a preservação e proteção dos animais.

“No momento, estamos em uma força-tarefa para atender as solicitações represadas, o que deve ocorrer até o final desta semana. Dali para frente seguiremos acompanhando essas solicitações para garantir a proteção dos animais do município”, destaca o diretor de Bem-Estar Animal, Amadeu Trevisan.

 

 

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?