Vendas da semana do Dia dos Namorados superam as expectativas

As vendas no comércio e a movimentação em bares, restaurantes e lanchonetes superaram as expectativas na semana do Dia dos Namorados em Foz do Iguaçu. Nas lojas de presentes, a declaração de ponto facultativo no aniversário do município (quinta-feira, 10) possibilitou um dia a mais para atender a clientela. Já na gastronomia e entretenimento, a permissão de permanecer aberto até mais tarde caiu no gosto de quem queria fazer aquele agrado a companheira, ou companheiro.

O comércio no país, após um ano e quatro meses tendo altos e baixos dos decretos de fechamento devido a pandemia do novo coronavírus (covid-19), mostrou em abril os primeiros sinais de crescimento. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no mês houve um aumento de 1,8% em relação a março.

O fato deixou o segmento otimista, especialmente com as venda para o Dia dos Namorados (12 de junho). “A semana inteira vendeu muito bem”, contou a comerciante Tânia Ferrari, proprietária de uma loja de presentes e materiais escolares na Avenida Morenitas, na região do bairro Porto Meira.

Apesar de não haver ainda um balanço oficial do volume de vendas durante a semana, um fator contribuiu muito para este otimismo todo. De acordo com Tânia, a possibilidade de abrir o estabelecimento no dia do aniversário da cidade “ajudou muito. As vendas dessa semana superaram as expectativas do momento”.

“Mas trabalhamos com preocupação ainda, pois não sabemos se o comércio pode ou não fechar a qualquer momento”, ressaltou a comerciante, preocupada com a edição de novos decretos com medidas mais restritivas para conter o avanço do coronavírus. “E ainda temos a preocupação de poder sermos contaminados a qualquer momento, apesar de estarmos tomando todos os cuidados possíveis”, disse.

A cautela da comerciante encontra respaldo nos números da covid-19 em Foz do Iguaçu. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, 38.967 moradores já foram infectados desde o início da pandemia, com 958 óbitos por complicações da doença. No acumulado de junho, foram contabilizados 1.714 casos, média de 131,84 por dia.

 

Maratona

Se as vendas no comércio agradaram, na área de gastronomia e entretenimento não deve ser diferente. Quem pensou em levar a companheira, ou companheiro, para um jantar romântico no sábado à noite, não teve vida fácil. “Deixamos para fazer a reserva na última hora e por pouco não ficamos sem mesa”, contou a vendedora Yolanda Alexandrina, que foi a um restaurante de comida japonesa com o marido na noite de sábado.

A mesma precaução não teve o casal de namorados Aurora Tontini e Mike Guimarães. “Não fizemos reserva por que pensamos que seria fácil encontrar mesa disponível, mas não foi fácil”, disse ela. “Só conseguimos lugar para jantar em uma pizzaria na Avenida República Argentina, após passar por oito restaurantes”, informaram.

 

 

 

Foto: Kiko Sierich/Acifi
Gdia

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?