Após obras de drenagem, Prefeitura de Foz prepara ruas do São Luiz para pavimentação

Após a execução de uma das maiores obras de drenagem feitas por uma administração municipal no Paraná, no Jardim São Luiz, a Prefeitura de Foz do Iguaçu iniciou os trabalhos de preparação das ruas do bairro para a aplicação da pavimentação asfáltica. Nesta quinta-feira (20), as equipes da Usina Municipal de Asfalto atuam na Rua Edmundo de Barros, próximo ao cruzamento da Avenida Pôr do Sol.

“Há mais de 20 anos os moradores do Jardim São Luiz sofriam com alagamentos e, para dar fim a este problema, iniciamos uma grande e complexa obra de drenagem, que está concluída. Para completar esse trabalho com o objetivo de dar melhor qualidade de vida para os moradores e também contribui com o desenvolvimento de toda a cidade, iniciamos agora o preparo da pavimentação”, comentou o prefeito Chico Brasileiro, que esteve na tarde de quinta-feira (19) acompanhando de perto o andamento dos trabalhos.

A preparação das vias envolve a implantação de meio-fio, construção de bases no solo e o reperfilamento asfáltico, que consiste no trabalho de nivelamento do solo. Após a completa secagem do material, as vias receberão a capa asfáltica com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

Os moradores da região celebram a transformação pela qual vem passando o São Luiz. “Quando chovia não conseguíamos dormir em paz, com medo dos alagamentos. Após todos estes anos de sofrimento, a Prefeitura está fazendo obras para resolver estes problemas. Estamos felizes e só temos a agradecer pelos investimentos”, afirmou dona Nadir Pinheiro Amaro, moradora do bairro há 14 anos.

 

Drenagem

A drenagem na bacia do Rio Mimbi, que corta os jardins São Paulo e São Luiz, foi dividida em três fases. As intervenções da Prefeitura envolveram a construção de um lago de contenção, a canalização do Rio Mimbi e a construção de dezenas de bueiros, entre outros serviços.

Por conta das dificuldades, em alguns pontos foi necessária a utilização de artefatos explosivos para fazer o rompimento das rochas. Com recursos da Caixa Econômica Federal, acessado por meio do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), o investimento do Município na obra passa de R$ 6,8 milhões.

 

 

 

Assessoria

 

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?