Saúde aplicou mais de 76 mil doses de vacina contra a covid em Foz

Foz do Iguaçu deverá receber novos lotes de vacinas contra o coronavírus nos próximos dias, encaminhados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Desde o início da Campanha Estadual de Imunização, em janeiro deste ano, o município já recebeu 85.496 doses de imunizantes CoronaVac produzidos pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac e da AstraZeneca da Universidade Oxford e Instituto Fiocruz.

Com o montante de vacinas recebidas, a Secretaria Municipal de Saúde já aplicou 76.063 doses aos diferentes grupos prioritários de trabalhadores da saúde, idosos, portadores de comorbidades e pessoas com comorbidades que recebem o Benefício de Proteção Continuada (BPC), definidos de acordo com o Plano Nacional de Imunização. Os dados integram o Painel sobre Vacinação contra Covid-19 do Programa Municipal de Imunização.

De acordo com o acompanhamento, o município recebeu 30.950 doses da vacina Astrazeneca para primeira dose e 6.910 para segunda dose. Destas, 28.769 da primeira dose foram aplicadas e 2.484 da segunda dose também aplicadas. Do imunizante CoronaVac, Foz do Iguaçu recebeu 24.123 para primeira dose (22.940 foram aplicadas) e 23.513 da segunda dose, com 21.870 já aplicadas.

A Secretaria de Saúde está vacinando atualmente pessoas com idade acima de 60 anos e profissionais da saúde. A vacinação de pessoas a partir de 18 anos com comorbidades e trabalhadores da educação, com idade de 52 a 59 anos, está suspensa até o recebimento de novas doses.

“Aguardamos a chegada das novas doses para retomar a vacinação desses grupos prioritários. E pedimos para aqueles que estão na data de receber a segunda dose da vacina, que compareçam para completar a imunização. Somente a vacina vai nos tirar desta pandemia”, afirma a secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo.

A orientação da Secretaria Estadual de Saúde é para que, neste momento, sejam vacinados os profissionais atuantes em creches, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizante e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

No dia da vacinação, o profissional deve apresentar um documento oficial que comprove o vínculo com a instituição de ensino. A declaração está disponível no site da prefeitura, juntamente com o agendamento (vacinacao.pmfi.pr.gov.br).

 

 

Assessoria

Facebook
Google+
Twitter
× Como posso te ajudar?